Rivais Taylor Swift e Beyonce fazem história no Grammy

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 08:58 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - A estrela country-pop Taylor Swift, que despontou para a fama com baladas de amor adolescente que escreveu no chão do seu quarto, tornou-se no domingo a mais jovem artista a receber o cobiçado prêmio Grammy de melhor disco do ano.

Swift, que fez 20 anos em dezembro, levou para casa quatro dos oito prêmios aos quais fora indicada. Ela nunca havia recebido um Grammy. Seu segundo álbum. "Fearless", foi o lançamento mais popular nos EUA em 2009, com vendas acumuladas de 5,4 milhões de cópias até agora no país.

O domínio da moça dos cachinhos loiros nesse prêmio já era esperado, mas acabou ofuscado por Beyonce, que bateu o recorde de Grammys para uma mulher em uma só edição - seis, inclusive o de melhor canção.

A banda de rock Kings of Leon levou o importante prêmio de gravação do ano, com o hit "Use Somebody".

Ao vencer o prêmio de disco do ano, Swift quebrou o recorde que havia sido estabelecido por Alanis Morisette aos 21 anos, em 1996, com o seu "Jagged Little Pill", um álbum com conteúdo decididamente mais adulto.

Swift também foi a primeira artista country a receber o prêmio, e a primeira artista pop feminina desde Celine Dion em 1997, por "Falling Into You". Ela recebeu também os prêmios de melhor álbum country e de melhor desempenho vocal feminino e melhor canção country (ambos por "White Horse").

A cantora disse que, apesar do seu sucesso na música pop, o country ainda é a sua maior paixão. "A música country vai absolutamente ser a minha casa, por causa das histórias contadas dentro da música country."

Logo após a premiação, Swift embarcaria para a Austrália, onde fará um show com ingressos já esgotados. Uma assessora disse que seu disco já recebeu discos de ouro ou platina em 16 mercados internacionais.

Beyonce recebeu como compositora o prêmio para "Single Ladies (Put a Ring On It)", "hino" que lhe rendeu também o Grammy de melhor performance vocal feminina e melhor canção de R&B. Seu disco "I Am.... Sasha Fierce" ficou com o prêmio de melhor álbum de R&B, seu "cover" de "At Last" foi eleito melhor performance vocal de R&B tradicional, e "Halo" foi escolhida melhor performance vocal feminina pop.

"Esta é uma noite incrível para mim", disse ela ao receber o último prêmio.

 
<p>Taylor Swift segura seus quatro pr&ecirc;mios Grammy durante a 52a premia&ccedil;&atilde;o dos Grammys em Los Angeles. A estrela country-pop tornou-se a mais jovem artista a receber o cobi&ccedil;ado pr&ecirc;mio Grammy de melhor disco do ano. REUTERS/Lucy Nicholson 31/01/2010</p>