Morre escritor argentino Tomás Eloy Martínez

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 10:35 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O escritor e jornalista argentino Tomás Eloy Martínez morreu no domingo em Buenos Aires, aos 75 anos, depois de lutar contra um câncer durante anos, segundo a imprensa local.

Martínez morou durante anos na Venezuela e depois nos Estados Unidos. Ele foi reconhecido por renovar o jornalismo, combinando em seus livros a crônica com recursos literários.

Entre as obras que publicou, estão "A paixão segundo Trelew", uma investigação sobre o assassinato de guerrilheiros na década de 1970, e "Santa Evita", em que narra o destino do cadáver de Eva Perón, mulher do presidente Juan Domingo Perón.

Em 2002, Martínez conquistou o prêmio Alfaguara com "O Voo da Rainha".

Eloy Martínez também foi colunista do jornal argentino La Nación e do norte-americano The New York Times.

(Por Nicolás Misculin)

 
<p>O escritor e jornalista argentino Tom&aacute;s Eloy Mart&iacute;nez morreu no domingo em Buenos Aires, aos 75 anos, depois de lutar contra um c&acirc;ncer durante anos, segundo a imprensa local. REUTERS/Jose Miguel Gomez 18/03/2010</p>