Morre David Brown, produtor de Tubarão e Conduzindo Miss Daisy

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 16:40 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O veterano produtor de cinema norte-americano David Brown, quatro vezes indicado ao Oscar e cujos trabalhos incluem "Tubarão" e "Conduzindo Miss Daisy", morreu na segunda-feira aos 93 anos em sua casa em Manhattan depois de uma longa doença, informou a Hearst Corporation.

O ex-jornalista também é responsável por ter ajudado a levar pela primeira vez Elvis Presley às telonas em "Ama-me com ternura" (Love Me Tender), além de ter participado do lançamento da carreira do diretor e vencedor do Oscar Steven Spielberg.

Após ser contratado em 1951 para dirigir o departamento de roteiros da 20th Century Fox, Brown cresceu na empresa antes de abrir uma produtora com Richard Zanuck, em 1972.

Um dos primeiros filmes da nova associação foi o sucesso "Golpe de Mestre" (The Sting), de 1973, protagonizado por Robert Redford e Paul Newman.

Brown e Zanuck também trabalharam com Spielberg em "Louca Escapada" (The Sugarland Express) e logo o contrataram para dirigir "Tubarão". Os produtores dissolveram a companhia em 1988 quando Brown fundou sua própria empresa, a The Manhattan Project Ltd.

Brown foi indicado quatro vezes para Oscar de melhor filme por "Tubarão", "O Veredicto", "Questão de Honra" e "Chocolate", mas nunca recebeu o cobiçado prêmio.

Brown nasceu na cidade de Nova York e foi casado por mais de 50 anos com a autora e editora da revista Cosmopolitan, Helen Gurley Brown.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>David Brown participa de uma entrevista coletiva em 10 de fevereiro de 2001. O veterano produtor de cinema norte-americano David Brown, quatro vezes indicado ao Oscar e cujos trabalhos incluem "Tubar&atilde;o" e "Conduzindo Miss Daisy", morreu em 1 de fevereiro de 2010 aos 93 anos em sua casa em Manhattan depois de uma longa doen&ccedil;a, informou a Hearst Corporation. REUTERS/Christian Charisius</p>