Ator Charlie Sheen é acusado formalmente por agredir a esposa

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 20:43 BRST
 

Por Ellen Miller

ASPEN, Estados Unidos (Reuters) - O ator Charlie Sheen foi acusado formalmente na segunda-feira por três crimes, inclusive o de ameaça, resultante da agressão contra sua esposa, Brooke Mueller, durante uma briga no Dia de Natal.

Sheen, 44 anos, astro do seriado cômico "Two and a Half Men", foi indiciado também por lesão corporal em terceiro grau e perturbação criminal, segundo promotores de Aspen, estação de esqui do Colorado onde o ator foi detido em 25 de dezembro.

Na ocasião, Mueller chamou a polícia e contou que o marido puxou uma faca durante uma discussão e ameaçou matá-la. Sheen passou o resto do dia detido.

O ator tem dois filhos gêmeos com Mueller, com quem se casou em 2008. É a terceira mulher dele.

Detalhes dos processos contra Sheen não foram lidos na segunda-feira no tribunal distrital de Aspen, mas o juiz suspendeu uma ordem que o proibia de ter contato com a esposa. Marido e mulher deixaram o tribunal juntos.

Advogados disseram que Mueller e Sheen haviam solicitado que a proibição do contato fosse revertida, e os promotores não se opuseram.

Mueller contou à polícia que, durante a discussão no Dia de Natal, Sheen segurou uma faca junto à garganta dela depois que ela ameaçou pedir divórcio e ficar com os filhos.

Na época, Sheen negou a ameaça com a faca, mas admitiu ter amassado os óculos dela, e afirmou que ambos se estapearam nos braços, segundo registros judiciais.

Sheen participou de filmes como "Platoon" e "Wall Street - Poder e Cobiça", mas é mais conhecido pelo papel de um solteirão mulherengo em "Two and a Half Men".

 
<p>O ator norte-americano Charlie Shean &eacute; fotografado nessa foto divulgada pelo Departamento Policial de Aspen no dia 25 de dezembro. Sheen foi acusado na segunda-feira por tr&ecirc;s crimes resultante da agress&atilde;o contra sua esposa, Brooke Mueller, durante uma briga no Dia de Natal. REUTERS/Aspen Police Department/Handout 25/12/2009</p>