Imagem de manifestações em Teerã ganha prêmio World Press Photo

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 14:36 BRST
 

Por Reed Stevenson

AMSTERDÃ (Reuters) - Uma imagem de mulheres gritando desde os telhados em uma manifestação de protesto pelas eleições presidenciais no Irã, em junho do ano passado, recebeu na sexta-feira o prêmio máximo World Press Photo de fotografia.

Descrita pelos jurados como "o início de algo, o início de uma grande história", a foto faz parte de várias feitas pelo italiano Pietro Masturzo nos telhados de Teerã durante a noite, quando a população gritava seu repúdio pelos resultados das eleições e promovia manifestações nas ruas durante o dia.

"A dificuldade de fotografar situações de conflito é retratar as vidas paralelas envolvidas, de pessoas levando suas vidas adiante", disse Guy Tillim, um dos 19 jurados.

"Essa imagem fez uma tentativa muito boa de casar os dois elementos, contextualizando o conflito", completou Tillim.

Conflitos voltaram a ser um tema grande entre as fotos vencedoras deste ano, a maioria das quais provenientes de lugares como Afeganistão, Irã, Faixa de Gaza, Cisjordânia e Somália.

O prêmio máximo na categoria de notícias foi dado a Adam Ferguson, do VII Mentor Program do New York Times, com uma cena de um atentado suicida com bombas no Afeganistão.

O fotógrafo da Reuters Mohammed Salem recebeu o segundo prêmio da categoria por uma imagem de uma coluna de fumaça brilhante na Faixa de Gaza, após um ataque israelense.

 
<p>O segundo pr&ecirc;mio da World Press Photo foi para esta imagem do fot&oacute;grafo da Reuters, Mohammed Salem, da Faixa de Gaza ap&oacute;sum ataque de Israel. 08/01/2009 REUTERS/Mohammed Salem</p>