Roman Polanski é favorito no Festival de Berlim

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010 17:07 BRST
 

Por Mike Collett-White

BERLIM (Reuters) - Depois de passar meses sendo citado por questões judiciais, Roman Polanski recebe uma cobertura mais positiva com seu novo filme "The Ghost Writer."

O cineasta de 76 anos, em prisão domiciliar na Suíça enquanto aguarda um processo de extradição para os Estados Unidos, onde seria sentenciado por pedofilia, desponta como favorito nestes primeiros dias do Festival de Berlim.

Seu thriller político, baseado em um romance de Robert Harris, é um dos 20 filmes na mostra competitiva. Polanski já venceu o Urso de Ouro em 1966 por "Armadilha do Destino."

A pós-produção do filme foi feita enquanto Polanski estava na prisão e, depois, no seu chalé de Gstaad. Ele foi condenado nos EUA por ter feito sexo com uma menina de 13 anos em 1977.

"Com este thriller imensamente agradável, gratificantemente convoluto, ele demonstra exatamente por que ainda é uma força a ser levada em conta", escreveu Wendy Ide no jornal britânico The Times.

Peter Bradshaw, do Guardian, viu no filme "um pesadelo hitchcockiano, com uma persistente sensação de inquietação de virar o estômago, realizada com confiança e arrojo."

 
<p>Depois de passar meses sendo citado por quest&otilde;es judiciais, Roman Polanski recebe uma cobertura mais positiva com seu novo filme "The Ghost Writer." Foto 19/02/2009. REUTERS/Hannibal Hanschke</p>