Visões de vários artistas celebram 50o aniversário do Guggenheim

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 16:55 BRST
 

Por Bernard Orr

NOVA YORK (Reuters Life!) - Quase 200 artistas, designers e arquitetos de todo o mundo criaram obras para comemorar o 50o aniversário do Museu Guggenheim, em uma exposição que abarca a rotunda espiralada do museu, um dos marcos de Nova York.

Sonhadores, estranhos, provocantes, sexualmente carregados e em vários casos marcados por declarações sérias de posição social e política, as criações que compõem a mostra "Contemplando o Vazio: Intervenções no Museu Guggenheim" vão desde esboços simples até complexas obras de videoarte.

As demonstrações de como os artistas preencheriam o cilindro de quase 30 metros do museu criado por Frank Lloyd Wright serão expostas no museu até 28 de abril.

"Testemunhei artistas criando exposições, e todos foram atraídos pelo centro", disse Nancy Spector, vice-diretora e curadora chefe da Fundação Solomon R. Guggenheim. "Todos utilizaram o espaço central, de uma maneira ou de outra."

Aberto em 1959, o museu é um dos espaços favoritos de arquitetos em todo o mundo e um ícone da cultura pop.

Spector pediu aos artistas que deixassem de lado todas as considerações práticas, de viabilidade e de despesas quando criassem seus designs.

"Eles foram incentivados a criar e construir para preencher o vazio, usando o museu como armadura", explicou.

Ela selecionou artistas muito versados em relacionar-se com o espaço e que trabalham de modo bidimensional.   Continuação...