Grife de Alexander McQueen vai continuar

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 19:09 BRST
 

Por Sophie Hardach

PARIS (Reuters) - A gigante francesa do varejo PPR, um dos maiores grupos de artigos de luxo do mundo, pretende continuar a desenvolver a grife de moda de Alexander McQueen, mesmo após o suicídio de seu fundador carismático e rebelde.

Desde a morte do estilista, na semana passada, fashionistas vêm correndo para comprar os vestidos descolados e bolsas gravadas com caveiras da McQueen, mas persistem dúvidas quanto ao sucesso possível da grife no longo prazo, sem a visão do próprio McQueen.

"Lee é insubstituível, é claro", disse a jornalistas nesta quinta-feira o executivo-chefe da PPR, François-Henri Pinault, usando o primeiro nome de McQueen.

"Mas, apesar de ser a menor empresa deste grupo, ela se encontra em posição excelente", acrescentou. A PPR é proprietária da marca McQueen, além de outras grifes descoladas, como a de Stella McCartney.

Pinault disse que a última coleção criada por McQueen será exposta na semana de moda de Paris, em março. Organizadores do evento disseram que estão sendo inundados de telefonemas pedindo convites para o desfile ou oferecendo condolências.

A revista especializada Drapers divulgou na segunda-feira que as vendas de artigos de McQueen subiram 1.400 por cento no fim da semana passada.

A loja varejista de roupas online Net-A-Porter estava oferecendo um vestido de seda com estampa de réptil, azul gelo e ferrugem, da coleção, por 2.845 libras (4.445 dólares). Os artigos das coleções anteriores --incluindo designs caracteristicamente mórbidos, destacando caveiras e esqueletos-- já estavam esgotados.

No site de leilões online eBay, uma bolsa azul marinho sem alça, com fecho de caveira, estava sendo oferecida por 2.025 dólares.

O último desfile organizado pelo próprio McQueen aconteceu em Paris em outubro passado, com vestidos inspirados em seres marinhos fantásticos, aliens e insetos. Modelos trajando minivestidos com estampas deslumbrantes desfilaram calçando sapatos com garras, em meio a câmeras robóticas contorcidas.

(Reportagem adicional de Astrid Wendlandt)

 
<p>Modelo desfila com cria&ccedil;&atilde;o do estilista brit&acirc;nico Alexander McQueen da cole&ccedil;&atilde;o Primavera/Ver&atilde;o 2010 no Paris Fashion Week. A gigante francesa do varejo PPR quer continuar a grife, mesmo ap&oacute;s o suic&iacute;dio de seu fundador. REUTERS/Benoit Tessier 06/10/2009</p>