19 de Fevereiro de 2010 / às 13:50 / 8 anos atrás

Itália considera óculos 3D de "Avatar" risco à higiene

<p>O diretor James Cameron mostra &oacute;culos 3D diante de p&ocirc;ster-divulga&ccedil;&atilde;o de seu filme "Avatar" no F&oacute;rum Econ&ocirc;mico Mundial em janeiro. O Minist&eacute;rio de Sa&uacute;de italiano informou na quinta-feira que havia confiscado cerca de 7 mil unidades de &oacute;culos 3D por consider&aacute;-los um risco &agrave; sa&uacute;de. 28/01/2010Christian Hartmann</p>

ROMA (Hollywood Reporter) - Fãs do sucesso de bilheterias "Avatar" aplaudem o uso de tecnologia 3D do filme, mas o governo italiano acredita que pode também ser um risco à saúde.

O Ministério de Saúde italiano informou na quinta-feira que havia confiscado cerca de 7 mil unidades de óculos 3D de cinemas italianos e poderia recolher ainda mais.

Autoridades disseram que os óculos podem causar problemas de saúde pois não são devidamente higienizados entre as sessões do filme, e os óculos confiscados não tinham etiquetas indicando que não prejudicariam a vista dos usuários em curto prazo.

A retirada do óculos tem pouco efeito no sucesso de "Avatar" na Itália, onde o filme permanece como maior venda de bilheterias no país.

A associação de cinema e audiovisual italiana se recusou a comentar o assunto.

Por Eric J. Lyman

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below