Críticos de Berlim apostam em filmes romeno, russo e Polanski

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 13:57 BRST
 

Por Mike Collett-White

BERLIM, 19 de fevereiro, 06h15 (Reuters) - Em sintonia com o clima de um festival em que filmes feitos com orçamentos reduzidos concorrem lado a lado com grandes títulos de Hollywood, três filmes pequenos do leste europeu e o filme de Roman Polanski estrelado por Ewan McGregor estão entre os favoritos para receber o prêmio principal em Berlim

O 60o Festival de Cinema de Berlim se encerra no sábado, com uma cerimônia de premiações em que será anunciado o vencedor do Urso de Ouro de melhor filme, além de uma série de outros prêmios.

O evento de gala vai encerrar o festival de dez dias de duração, no qual Leonardo DiCaprio, Renee Zellweger, Martin Scorsese e Ben Stiller já percorreram o tapete vermelho, enquanto o Mercado Europeu de Cinema, realizado simultaneamente, tem sido marcado por negócios em alta.

É notoriamente difícil tentar adivinhar qual será o vencedor entre os 20 filmes da competição principal. Os últimos anos foram marcados por várias surpresas, e a disputa de 2010 parece indecisa. Mas os críticos preveem que a cerimônia de encerramento tenha um viés nitidamente europeu oriental.

O diretor polonês-francês Roman Polanski, que se encontra em prisão domiciliar na Suíça e por isso não pôde assistir à estreia de "The Ghost Writer", recebeu o Urso de Ouro em Berlim em 1966 por "Armadilha do Destino", e hoje, 44 anos depois, é visto como tendo boas chances de repetir a dose.

Seu thriller político, concluído quando Polanski estava na prisão e em prisão domiciliar, trata de um ex-primeiro-ministro britânico cujo apoio à política militar americana o leva a ser acusado de crimes de guerra, numa alusão pouco disfarçada a Tony Blair.

Polanski, 76 anos, está contestando um pedido de extradição para os Estados Unidos, onde é procurado pela Justiça por ter tido relações sexuais com uma menor de idade, num caso que data de mais de 30 anos atrás.

Um pouco à frente dele na sondagem informal feita pela Screen International com críticos de cinema estão dois filmes: "How I Ended This Summer", do russo Alexei Popogrebsky, e "If I Want to Whistle, I Whistle", do cineasta romeno Florin Serban.   Continuação...

 
<p>O diretor de "Mammuth", Gustave Kervernand, segura carta de Roman Polanski, que se encontra em pris&atilde;o domiciliar na Su&iacute;&ccedil;a, em que diz: "Querido Gustave... Est&aacute; nevando aqui... &Eacute; entediante... Recebi seu DVD de Mammuth. Gostei. Seu filme &eacute; brilhante... Bom Urso Dourado. Roman Polanski". 19/02/2010 REUTERS/Christian Charisius</p>