Meryl Streep e Sandra Bullock criam suspense raro para o Oscar

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 15:48 BRST
 

Por Stephen Farber

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - Meryl ou Sandra? A disputa pelo título de melhor atriz está sendo uma dos mais acirradas e interessantes da história recente dos Oscars.

Será que a Academia irá escolher Meryl Streep, cujo recorde de 16 nomeações chega com sua impressionante interpretação da chef Julia Child em "Julie & Julia"? Ou será que os eleitores preferem Sandra Bullock, que conquistou sua primeira indicação pelo papel da boa samaritana Leigh Anne Tuohy?

No início da temporada de premiações, Streep era a favorita para ganhar seu terceiro Oscar, o primeiro desde 1983 (quando venceu por "A Escolha de Sofia"). Sua atuação como Child encantou o público e os críticos e lhe garantiu o prêmio de melhor atriz dos críticos de cinema de Nova York.

Bullock, ao contrário, não foi incluída em nenhuma lista de candidatos e não ganhou nenhum prêmio anterior pelos grupos de críticos.

"Ninguém está falando sobre "Um Sonho Possível" -- ou sobre "Coração Louco", diz Bonnie Arnold, produtor de "The Last Station", protagonizado pela indicada ao Oscar de melhor atriz Helen Mirren. "Aqueles filmes estavam completamente fora do radar."

Mas "Um Sonho Possível" se tornou um grande sucesso de bilheteria (240 milhões de dólares até agora) e Bullock conquistou a indicação ao Globo de Ouro em dezembro, transformando-a numa concorrente séria.

A batalha esquentou durante um fim de semana no mês passado, quando Bullock e Streep foram homenageadas nas cerimônias do Critics Choice e do Globo de Ouro. Empataram no primeiro, e levaram as estatuetas por drama e comédia/musical, respectivamente, na segunda.

Bullock, que sempre foi uma figura bem aceita em Hollywood, tem desde então representado com entusiasmo o filme e sua atuação em diversos eventos da temporada de premiações.   Continuação...

 
<p>A atriz veterana Meryl Streep, que participou do almo&ccedil;o da Academia em Beverly Hills esta semana, j&aacute; foi indicada ao Oscar um recorde de 16 vezes. 15/02/2010 REUTERS/Mario Anzuoni</p>