Tenor Plácido Domingo passará por "cirurgia preventiva"

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 20:55 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O tenor espanhol Plácido Domingo vai passar por uma "cirurgia preventiva" depois de sentir dores abdominais enquanto se apresentava em Tóquio, no Japão, e deve ficar fora dos palcos por cerca de seis semanas, informou o Opera House Royal, de Londres, nesta segunda-feira.

O tenor de 69 anos foi forçado a deixar sua função na ópera Bajazet, na Covent Garden em Londres, onde estava agendada sua apresentação em 5, 8, 11, 15 e 20 de março.

"Após sentir desconforto físico e dores abdominais baixas por mais de uma semana durante suas performances em Tóquio, Plácido Domingo decidiu retornar a Nova York para um check-up completo", disse a companhia de ópera britânica em comunicado.

"De acordo com sua representante, Nancy Seltzer, os médicos determinaram que ele precisa se submeter a uma cirurgia preventiva."

"Depois da cirurgia eles terão uma ideia melhor de quando Domingo vai retornar às performances. Espera-se que seja em cerca de seis semanas", completou.

Segundo o jornal New York Times, Seltzer não quis detalhar a natureza da cirurgia, dizendo apenas que acontecerá em Nova York.

Domingo será substituído pelo tenor norte-americano Kurt Streit, que originalmente cantaria Bajazet em 13 e 17 de março.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>O tenor Pl&aacute;cido Domingo, que passar&aacute; por uma cirurgia preventiva, se apresenta na Cidade do M&eacute;xico. 19/12/2009 REUTERS/Eliana Aponte</p>