Adidas recorre ao mestre Yoda para combater recessão

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 13:28 BRT
 

FRANKFURT (Reuters Life!) - Enquanto a crise global continua a pesar nos bolsos dos consumidores, a fabricante de roupas esportivas Adidas pretende usar "a Força" para combater a recessão e suas rivais Puma e Nike.

A segunda maior fabricante mundial de artigos esportivos, que perde apenas para a Nike, lançou sua primeira coleção Star Wars -- com tênis Princesa Leia, jaquetas Darth Vader com capa removível, além de tops stormtroopers para corrida -- este mês em Nova York, com o apoio de um de seus maiores fãs, o cantor de hip-hop Snoop Dogg.

"Não há motivo específico para a data e o momento escolhidos", disse Dean Lokes, diretor global da Adida Core Originals, que faz parte do império Adidas.

"É mais o fato de uma visão ter virado realidade, já que a ideia de trabalhar com 'Star Wars' tinha sido aventada muitas vezes antes", acrescentou.

O lançamento da coleção acontece 33 anos depois de "Guerra nas Estrelas", de George Lucas, ter chegado aos cinemas. O primeiro filme da franquia "Star Wars" fascinou milhões de fãs em todo o mundo e rendeu bilhões de dólares em receitas resultantes.

O lançamento da nova coleção Adidas acontece no momento em que o mundo começa a sair da pior recessão em décadas, que deixou muitos desempregados e muitas pessoas cada vez mais preocupadas com o futuro.

"'Star Wars' fala de esperança", disse Howard Roffman, presidente da Lucas Licensing, da Lucasfilm. "Ela endossa a ideia de que uma pessoa pode fazer uma diferença. É um veículo do empoderamento pessoal."

Custa cerca de 200 dólares ser empoderado por um tênis Star Wars Famous Scenes Micropacer -- que tem um microprocessador "bem ou mal" que calcula tempo, distância e velocidade corridos -- ou 125 dólares, no caso de um tênis Yoda Boat.

Os fãs estão correndo para comprar os artigos da coleção primavera/verão, que tem 28 peças. Outra coleção deve ser lançada ainda este ano.   Continuação...

 
<p>O m&uacute;sico Snoop Dogg posa com homem vestido de Darth Vader em Nova York. Enquanto a crise global continua a pesar nos bolsos dos consumidores, a fabricante de roupas esportivas Adidas pretende usar "a For&ccedil;a" para combater a recess&atilde;o e suas rivais Puma e Nike.04/02/2010.REUTERS/Brendan McDermid</p>