Vocalista e Aerosmith encerram briga para fazer turnê europeia

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 18:35 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Os integrantes do Aerosmith, que parecem ter feito as pazes depois de um desentendimento público ter paralisado a veterana banda de rock, anunciaram na quinta-feira que vão fazer uma turnê europeia no próximo verão, pela primeira vez em três anos.

Acompanhado de um vídeo em tom divertido, o anúncio-surpresa foi feito três meses depois de os colegas do vocalista Steven Tyler terem ameaçado fazer testes para encontrar um substituto para ele, dizendo que ele teria voltado a usar drogas.

Em dezembro passado Tyler, 61 anos, internou-se em uma clínica de reabilitação pela segunda vez em dois anos, para combater sua dependência de analgésicos. Algumas semanas atrás seu advogado ameaçou tomar medidas legais se a banda partisse em turnê sem ele.

A má-vontade entre os músicos parece ter se dissipado, e a turnê "Cocked, Locked, Ready to Rock Tour" do Aerosmith vai começar na Suécia em 10 de junho, com a previsão de apresentações em 11 cidades. Já foram marcadas também as datas para os shows na Grã-Bretanha, Romênia, Grécia, Holanda, Bélgica, Espanha, França, República Tcheca e o show de encerramento da turnê em Veneza, em 3 de julho.

O Aerosmith foi obrigado a cancelar sua turnê do verão passado nos Estados Unidos em agosto de 2009, quando Tyler caiu do palco no meio de uma canção e quebrou o ombro. Seus colegas manifestaram pouco apoio ao vocalista, dizendo que Tyler só se comunicava com eles através de seus agentes pessoais.

Tyler também tinha manifestado a vontade de tirar uma folga para que pudesse escrever sua autobiografia e focar o que descreveu como a "marca Tyler", sem dar maiores explicações.

(Reportagem de Dean Goodman)