Cabeça de estátua de avô de Tutancâmon é encontrada em Luxor

domingo, 28 de fevereiro de 2010 17:27 BRT
 

CAIRO (Reuters) - Uma colossal cabeça do rei Amenhotep III, o avô de Tutancâmon, esculpida em granito vermelho 3.000 anos atrás, foi descoberta em Luxor, confirmou o ministro da Cultura do Egito, Farouk Hosni, neste domingo.

Polida e mostrando "características jovens esculpidas", a cabeça de 2,5 metros de altura pertence a uma estátua de Amenhotep III.

Cientistas realizaram testes de DNA e tomografia computadorizada em uma série de múmias e identificaram Amenhotep III como o avô de Tutancâmon, o rei adolescente fruto de uma relação incestuosa entre Akhenaten e sua irmã, ambos descendentes de Amenhotep III.

Hourig Sourouzian, encarregado da missão de conservação, disse que a cabeça de Amenhotep é um dos 84 artefatos desenterrados no templo funerário em Luxor.

"Nós coletamos uma ampla quantidade de peças de granito vermelho da estátua que ficava na parte sul do templo funerário de Amenhotep III", disse Sourouzian, acrescentando que as peças estão sendo restauradas.