Rapper DMX é condenado a 6 meses de prisão nos EUA

quarta-feira, 17 de março de 2010 16:55 BRT
 

PHOENIX (Reuters) - Uma juíza do estado norte-americano do Arizona sentenciou o rapper e ator DMX a seis meses de prisão em uma penitenciário de Phoenix por violar os termos de sua liberdade condicional ao usar drogas de maneira constante.

O rapper, cujo nome verdadeiro é Earl Simmons, foi detido na semana passada depois que as autoridades indicaram que ele havia admitido o uso de cocaína e que não estava cumprindo os termos de seu plano de tratamento.

Agora, o artista de 39 anos enfrenta cinco acusações por violar sua liberdade condicional.

O rapper nova-iorquino, cujos álbuns incluem "...And then There was X" e que atuou nos filmes "Romeu Tem Que Morrer" e "Contra o Tempo", tem um longo histórico de detenções por acusações que vão desde crueldade animal, condução imprudente de um veículo e posse de armas.

Durante a audiência, a juíza revelou que havia feito uma oferta para tratar Simmons no centro de recuperação Pasadena, na Califórnia, lugar que aparece no reality-show da emissora VH1 "Reabilitação de Celebridades".

Ela acrescentou que esse tipo de oferta deve ser aprovada pelas autoridades da Corte da Califórnia.

(Reportagem de David Schwartz)