Charlie Sheen diz que se comédia chegar ao fim, "que assim seja"

sexta-feira, 9 de abril de 2010 16:31 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O premiado ator Charlie Sheen quebrou o silêncio sobre as negociações para a renovação do contrato para o seu seriado "Two and A Half Men", dizendo que se seu personagem acabar após a atual temporada do programa, "que assim seja."

Sheen, que foi quatro vezes nomeado para um Emmy por seu papel como o mulherengo Charlie Harper no programa da CBS, deu uma declaração à revista People nesta sexta-feira na qual rebateu reportagens de que estaria exigindo um salário maior.

"Todos os números informados na imprensa são falsos. Declarações de 'fontes interiores' sobre ofertas do estúdio e meu salário, no melhor dos dias, não têm mérito", disse Sheen em comunicado.

Por anos, "Two and A Half Men" é uma das comédias mais assistidas na televisão norte-americana, e cancelar o programa poderia ser um golpe nas receitas de publicidade da CBS.

Há uma semana, surgiram relatos de que Sheen, que atualmente enfrenta acusações de violência doméstica no Estado do Colorado, busca cerca de 1 milhão de dólares por episódio, um aumento significativo do valor atual, de 825 mil dólares por capítulo, para participar da oitava temporada da série.

O contrato atual de Sheen, de 44 anos, termina após a sétima temporada, e o último episódio está sendo gravado nesta sexta-feira.

"Se o programa de hoje à noite é o fim para mim como Charlie Harper, que assim seja. Outra jornada já começou. Aproveito a experiência de 161 programas gravados com experiências, lembranças, amizades e gratidão incríveis", disse.

Em dezembro, o ator foi detido em Aspen, Colorado, e acusado de agredir e ameaçar sua esposa, Brooke Mueller. Ele se declarou inocente e o casal entrou em um programa de reabilitação.

 
<p>Ator Charlie Sheen por tr&aacute;s dos bastidores depois de receber o pr&ecirc;mio de Melhor Com&eacute;dia de TV por "Two and a Half Men" no 35o People's Choice Awards em Los Angeles. Sheen rompeu o sil&ecirc;ncio sobre as negocia&ccedil;&otilde;es para a renova&ccedil;&atilde;o do contrato para o seu seriado dizendo que se seu personagem acabar ap&oacute;s a atual temporada do programa, "que assim seja." 07/01/2009 REUTERS/Phil McCarten</p>