"Rainha de Cannes" sul-coreana volta ao festival como empregada

segunda-feira, 26 de abril de 2010 15:01 BRT
 

Por Jon Herskovitz e Christine Kim

SEUL (Reuters) - A estrela sul-coreana Jeon Do-yeon não passará mais despercebida quando voltar ao Festival Internacional de Cinema de Cannes pela primeira vez desde que ganhou o prêmio de melhor atriz em 2007.

Jeon era uma desconhecida quando passou pelo aval dos críticos em seu papel de uma mãe viúva que tenta começar uma nova vida no interior da Coreia do Sul, no filme chamado "Secret Sunshine".

Agora ela é a principal atração do filme chamado "The Housemaid", um remake de um clássico coreano, que estará na competição que começara no mês que vem.

"Cannes em 2007 foi meu primeiro festival de cinema e eu fiquei surpresa ao ver que ninguém notou a atriz Jeon Do-yeon", disse ela em uma recente entrevista à Reuters.

Jeon foi chamada de "Rainha de Cannes" quando retornou a seu país, o que lhe rendeu contratos, aparições na TV e fotos nas revistas. Foi citada pela revista Variety como uma das 5 mulheres mais influentes no setor de entretenimento no mundo.

Depois, apareceu em um filme pequeno, se casou e deixou um pouco o cinema de lado para dar a luz a seu primeiro filho, uma menina.

No filme que terá sua estreia em Cannes, ela interpreta uma mulher educada e ingênua que encontra trabalho como empregada na casa de uma família riquíssima e logo se envolve em um triângulo amoroso com o marido e a mulher, que está grávida de gêmeos.

Considerada uma das melhores atrizes da Coreia do Sul, Jeon, de 37 anos, vê sua limitada habilidade em idiomas estrangeiros como algo que a impede de assumir um papel em uma produção no exterior. Mas diz que gostaria de tentar.

 
<p>Atriz Jeon Do-yeon fala em entrevista &agrave; Reuters em Seu. A estrela sul-coreana n&atilde;o passar&aacute; mais despercebida quando voltar ao Festival Internacional de Cinema de Cannes pela primeira vez desde que ganhou o pr&ecirc;mio de melhor atriz em 2007. 21/04/2010 REUTERS/Jo Yong-Hak</p>