Hugh Hefner, da Playboy, ajuda a resgatar símbolo de Hollywood

segunda-feira, 26 de abril de 2010 17:33 BRT
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner, doou nesta segunda-feira os últimos 900 mil dólares pedidos por uma entidade de preservação para a compra de um terreno destinado a salvar a famosa inscrição da palavra Hollywood numa montanha que estava para ser explorada pelo mercado imobiliário.

O papel crucial de Hefner em atender ao grupo foi anunciado por autoridades da cidade de Los Angeles, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, e a entidade Trust for Public Land, de San Francisco, em uma entrevista à imprensa em Hollywood Hills (Montanhas de Hollywood).

A entidade de San Francisco precisava arrecadar 12,5 milhões de dólares até a próxima sexta-feira, como parte de um acordo com um grupo de investidores de Chicago que comprou a faixa de 555 metros, chamada Cahuenga Peak, do bilionário Howard Hughes, em 2002.

Agora a entidade vai adquirir 56 hectares adjacentes e entregará tudo à cidade para que seja incorporado ao parque Griffith, que fica ao redor, evitando assim qualquer obra que possa prejudicar o famoso cartão postal de Hollywood.

"Meus sonhos e fantasias de infância vieram dos filmes e as imagens criadas por Hollywood tiveram uma grande influência na minha vida e na Playboy", disse Hefner em um comunicado. "Como eu já disse antes, o sinal de Hollywood é a Torre Eiffel de Hollywood. Fico contente em ajudar a preservar um marco cultural tão importante."

Outros doadores privados incluem o ator Tom Hanks e o cineasta Steven Spielberg, informou a entidade.