Armani abre primeiro hotel em Dubai e planeja outro para Milão

terça-feira, 27 de abril de 2010 14:40 BRT
 

Por Tamara Walid

DUBAI (Reuters Life!) - O estilista italiano Giorgio Armani abriu seu primeiro hotel na terça-feira na torre mais alta do mundo, em Dubai, reforçando o esforço do emirado do Golfo Arábico para recuperar-se da crise da dívida.

O estilista levou o estilo minimalista que é sua marca registrada a uma cidade famosa pelos excessos. O Armani Hotel Dubai foi projetado com uma paleta discreta de cores creme e terra.

Armani - cujos negócios valem cerca de 2,4 bilhões de dólares anuais em vendas - criou em 2005 uma parceria com a Emaar Properties, a maior construtora do mundo árabe com ações nas bolsas, para desenvolver uma série de hotéis, resorts turísticos e residências em cidades-chave pelo mundo afora.

Desde ilhas criadas pelo homem no formato de palmeiras até uma encosta de esqui em área coberta no meio do deserto, Dubai vem se promovendo com a cidade da ostentação, colocando-se no mapa com a política de que "quanto maior, melhor".

Armani disse que o presidente da Emaar, Mohamed Alabbar, descreveu a cidade como "uma Las Vegas no deserto".

"Eu sou minimalista. Para mim, menos é mais. E quando olhei para o que estava acontecendo aqui, era o contrário", disse Armani na inauguração do hotel. "Mas ele me queria e eu o queria."

A Emaar e Armani pretendem abrir o próximo hotel, Armani Hotel Milano, em Milão em 2011.

Outros projetos da parceria incluem o primeiro resort criado por Armani, a ser localizado em Marrakech, e mansões-residências Armani em Marassi, no Egito.   Continuação...

 
<p>Burj Khalifa, a torre mais alta do mundo em Dubai, com 828 metros de altura. O estilista italiano Giorgio Armani abriu seu primeiro hotel na ter&ccedil;a-feira nessa torre, refor&ccedil;ando o esfor&ccedil;o do emirado do Golfo Ar&aacute;bico para recuperar-se da crise da d&iacute;vida. 27/04/2010 REUTERS/Mosab Omar</p>