Manuscrito de "A Day in the Life", de John Lennon, vai a leilão

quinta-feira, 29 de abril de 2010 13:42 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - A letra, escrita à mão por John Lennon, de "A Day in the Life," considerada uma das maiores canções dos Beatles e última faixa do álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", será posta em leilão em Nova York em junho.

A casa de leilões Sotheby's descreveu "A Day in the Life" como "a canção revolucionária que marcou a transformação dos Beatles de ícones pop em artistas" e prevê que o manuscrito seja arrematado em 18 de junho por entre 500 mil e 700 mil dólares.

O manuscrito, uma folha única de papel, traz um rascunho da letra, com partes riscadas e um erro de ortografia no qual "film" está escrito "flim".

No verso da folha há uma versão mais arrumada da letra escrita em letra maiúscula e com menos correções.

O verso "I'd love to turn you on" parece ter sido acrescentado mais tarde. Foi devido a esse verso que a canção foi proibida pela BBC quando primeiro foi lançada, em 1967, porque as palavras foram interpretadas como referência ao consumo de drogas.

Mas a proibição não impediu o álbum que continha a canção de tornar-se um dos maiores sucessos dos Beatles.

"Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" liderou as paradas britânicas e americanas, recebeu quatro prêmios Grammy em 1968 e figura na 26a posição da lista compilada pela revista Rolling Stones das 500 maiores canções de todos os tempos.

O manuscrito com a letra pertenceu no passado a Mal Evans, o agente que cuidava das turnês dos Beatles.   Continuação...

 
<p>A letra de "A Day in the Life" escrita &agrave; m&atilde;o por John Lennon. O manuscrito da m&uacute;sica, considerada uma das maiores can&ccedil;&otilde;es dos Beatles e &uacute;ltima faixa do &aacute;lbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", ser&aacute; posta em leil&atilde;o em Nova York em junho. 29/04/2010. REUTERS/Sotheby's/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>