29 de Abril de 2010 / às 17:16 / 7 anos atrás

Festival de Montreux terá Phil Collins e Massive Attack

<p>Foto arquivo do vocalista do Genesis, Phil Collins, em show do primeiro turn&ecirc; na Am&eacute;rica do Norte da banda em 15 anos, em Toronto, 07/09/2007. Phil Collins far&aacute; um concerto exclusivo antes do Festival de Jazz de Montreux 2010, que ter&aacute; Roxy Music, Massive Attack e uma s&eacute;rie de grandes nomes do jazz, anunciaram os organizadores do festival na quinta-feira.Mike Cassese (CANADA)</p>

Por Jason Rhodes

CAUX, Suíça, 29 de abril (Reuters Life!) - Phil Collins fará um concerto exclusivo antes do Festival de Jazz de Montreux 2010, que terá Roxy Music, Massive Attack e uma série de grandes nomes do jazz, anunciaram os organizadores do festival na quinta-feira.

Ex-vocalista e baterista do Genesis, Phil Collins vai mergulhar no Motown e soul dos anos 1960 diante de centenas de músicos dos mundos do pop, rock, blues e jazz que vão se reunir em Montreux entre 2 e 17 de julho em um dos mais prestigiosos eventos de música do verão europeu.

"Phil Collins é um exemplo típico de velho amigo, porque tocou no festival 30 anos atrás com sua banda Brand X em um show gratuito à beira da piscina", disse à Reuters o fundador do festival, Claude Nobs.

A banda de rock artístico britânico Roxy Music, em sua primeira participação em Montreux desde 1973, será a primeira a apresentar-se na sala principal quando a 44a edição do festival começar de fato.

Outros nomes que certamente vão agradar o público incluem a multi-instrumentista Norah Jones, classificada pela revista Billboard como a maior artista de jazz da década passada, em 3 de julho, uma noite de rock com Billy Idol e Gary Moore em 6 de julho, o cantor e compositor americano Ben Harper em 7 de julho e o trip-hop do grupo britânico Massive Attack em 8 de julho.

"O espectro da música em Montreux se ampliou muito, e, olhando a programação, você poderá pensar 'será que o nome jazz deveria ter sido mencionado?'. Mas tivemos muita sorte este ano", disse Nobs. "Teremos todos os principais nomes do jazz capazes de atrair multidões."

Entre eles estão um quinteto de grandes tecladistas de jazz norte-americanos, começando com Brad Mehldau em 4 de julho em uma noite de gala que também terá a soprano Jessye Norman rompendo as barreiras entre o jazz, a música clássica e o gospel.

Keith Jarrett, que se apresentou na primeira edição do festival de Montreux, em 1967, deverá sentar-se ao piano em 11 de julho, dando lugar na noite seguinte ao pioneiro do jazz fusion Chick Corea.

A pianista e vocalista Diana Krall, que no ano passado lançou um álbum de música inspirada na bossa nova, vai dividir o palco em 13 de julho com seu marido Elvis Costello, este acompanhado do grupo country The Sugarcanes.

Herbie Hancock encerra a festa do piano de jazz em 16 de julho com sua 26a participação em Montreux, um recorde.

"Se eu chamo um músico em dois anos consecutivos, é porque sei que ele trará algo de novo ao festival. Herbie vem se apresentando estes anos todos, e nunca são as mesmas músicas ou os mesmos instrumentistas", disse Nobs.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below