Michael Douglas diz que pena de prisão do filho é "adequada"

segunda-feira, 3 de maio de 2010 18:03 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Michael Douglas disse na segunda-feira que a pena de cinco anos de prisão dada a seu filho por vender drogas é "adequada" e que, se seu filho não tivesse sido preso, provavelmente teria morrido por consumo de drogas ou teria sido morto.

Em abril Cameron Douglas, 31 anos, confessou-se culpado em Nova York de tráfico de grandes quantidades de metanfetamina e cocaína e de posse de heroína. Ele pediu desculpas à sua família, incluindo seu avô, o ator Kirk Douglas, e admitiu que era viciado em heroína havia muito tempo.

Aparecendo no talk show matinal "Today", na TV americana, Michael Douglas, astro de filmes que vão desde "Wall Street" e "Traffic" até "Meu Querido Presidente", disse que seu filho está "com ânimo positivo" e que ele espera que, quando Cameron for libertado da prisão, possa recomeçar vida nova.

"Acho que o tribunal reconheceu sua dependência de drogas, além do crime que ele cometeu, e acho que a pena que ele recebeu é um tempo adequado para qualquer pessoa passar na prisão", disse Douglas no programa matinal da rede NBC.

Michael Douglas assumiu parte da culpa pelos problemas de seu filho, por ter sido um pai frequentemente ausente, e observou a natureza hereditária do abuso de drogas e álcool, dizendo que vários membros de sua família tiveram problemas desse tipo no passado.

Ele disse também que alguns dos problemas de seu filho se devem ao fato de ele ter ficado amigo das pessoas erradas.

"Você acaba ficando com as pessoas com quem opta passar tempo", disse Douglas. "Cameron andou com muitas más companhias. Ele era um alvo muito atraente para essas pessoas passarem tempo, e acho que isso tampouco ajudou."

Ele chamou a atenção para o fato de seu filho ter consumido drogas por muito tempo, dizendo que Cameron não esteve sóbrio desde os 13 anos de idade e acrescentando que, se não tivesse sido preso, Cameron provavelmente teria morrido.

"Ele ia morrer ou alguém ia matá-lo", disse Douglas. "Acho que ele tem uma chance para começar vida nova, e ele tem consciência disso."

Douglas ofereceu conselhos a outros pais: se vocês acham que seu filho pode estar tendo problemas, procure corrigi-los antes de eles chegarem aos 18 anos e serem legalmente responsáveis por sua própria vida.

"A partir do momento em que seus filhos completam 18 anos, suas opções (as dos pais) são limitadas", disse ele, acrescentando que, em seu novo casamento com a atriz Catherine Zeta-Jones, com quem tem dois filhos, a família é sua prioridade.

 
<p>O ator Michael Douglas concede entrevista coletiva durante o Festival Internacional de Filmes de Toronto, em 2009. Ele disse nesta segunda-feira que a pena de cinco anos de pris&atilde;o dada a seu filho por vender drogas &eacute; "adequada" e que, se seu filho n&atilde;o tivesse sido preso, provavelmente teria morrido por consumo de drogas ou teria sido morto. 12/09/2009 REUTERS/Mario Anzuoni</p>