Problema cardíaco e pneumonia mataram ator Corey Haim, diz laudo

terça-feira, 4 de maio de 2010 20:38 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Corey Haim morreu de pneumonia e problemas cardíacos, e testes durante uma autópsia não revelaram "nenhum fator colaborador significativo" causado por drogas, segundo laudo necrológico divulgado na terça-feira em Los Angeles.

Haim, ator de origem canadense que fez sucesso como adolescente na década de 1980, morreu em 10 de março, aos 38 anos, após desmaiar em seu apartamento em Los Angeles e ser levado a um hospital. Ele havia falado abertamente sobre seus problemas com drogas e bebida.

Autoridades inicialmente atribuíram sua morte a uma overdose de drogas, declarando que ele havia adquirido ilegalmente mais de 550 doses de analgésicos e ansiolíticos nas semanas anteriores à sua morte.

Mas o laudo do IML local disse na terça-feira que Haim morreu de causas naturais, por uma combinação de pneumonia, problemas cardíacos e problemas respiratórios.

O legista Ed Winter disse que a mãe de Haim o encontrou agitado no meio da noite, com sintomas de gripe, e que ele desmaiou em seguida. Foi declarado morto no hospital menos de uma hora depois.

Haim ficou conhecido na década de 1980 por seus papéis em "Lucas - A Inocência do Primeiro Amor" e "Garotos Perdidos." Em 2007 e 2008, contracenou com outro ex-astro adolescente, Corey Feldman, no reality show de TV "The Two Coreys."

(Reportagem de Jill Serjeant)