Gyllenhaal é astro de "Príncipe da Pérsia", adaptação de um game

quarta-feira, 5 de maio de 2010 19:13 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - Um Jake Gyllenhaal com mais músculos passou de papéis sombrios e ousados para um filme de ação, aventura e grande orçamento: "Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo", que tem o potencial de lançar a próxima franquia de sucesso da Disney, depois de "Piratas do Caribe".

O ator de 29 anos, indicado ao Oscar, disse em entrevista que está disposto a retornar ao papel de um destemido príncipe persa do século 6.

Baseado num videogame popular que apareceu pela primeira vez em 1989, "Príncipe da Pérsia" terá sua première em Londres no domingo e chegará aos cinemas no final de maio.

"Se houver a oportunidade de fazer outro filme e as pessoas gostarem deste, claro que sim", disse Gyllenhaal à Reuters em entrevista para divulgar o filme, quando indagado se visualiza o filme como parte de uma série.

"Acho que o que estamos pensando agora é em lançar este filme. Mas seria uma honra, é claro. Se o público pedir uma sequência, será uma honra", disse o ator, que passou por um treinamento árduo para as cenas de luta e ação.

Os três filmes lançados até agora da série "Piratas do Caribe", estrelados por Johnny Depp, serão um precedente difícil de igualar, tendo rendido 2,7 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais.

Os especialistas em cinema enxergam um desafio adicional: o fato de que as adaptações de videogames para o cinema têm tido dificuldades em satisfazer as expectativas.

As estimativas do custo de produção de "Príncipe da Pérsia" variam entre 150 e 200 milhões de dólares.   Continuação...

 
<p>Ator norte-ammericano Jake Gyllenhaal ser&aacute; astro em "Pr&iacute;ncipe da P&eacute;rsia - As Areias do Tempo". REUTERS/Dylan Martinez</p>