Versace ganha indenização de US$20 mi em caso de falsificação

quinta-feira, 6 de maio de 2010 14:50 BRT
 

MILÃO (Reuters Life!) - A Versace anunciou nesta quinta-feira que venceu uma ação que moveu por falsificação contra lojas varejistas nos EUA e que receberá indenização de 20 milhões de dólares por danos.

A empresa com logotipo de medusa, cujos vestidos glamurosos são usados por estrelas de cinema como Drew Barrymore e Penélope Cruz, disse que a indenização decidida por um tribunal norte-americano foi uma das mais altas já obtida por uma empresa italiana em um processo movido no exterior para proteger sua marca registrada.

A Versace teve receita de 268 milhões de euros (359,6 milhões de dólares) em 2009. A decisão judicial é executável imediatamente, disse a empresa.

"Vencemos um julgamento histórico, alcançado ao término de uma ação antifalsificação movida pelo grupo e cujos efeitos vão beneficiar todas as grifes de luxo italianas", disse em comunicado à imprensa o executivo-chefe da Versace, Gian Giacomo Ferraris.

Santo Versace, irmão do fundador da empresa, Gianni Versace, assassinado em 1997, participou do processo como testemunha chave.

Durante o processo, foram investigadas mais de 70 lojas varejistas no sul da Califórnia e no Arizona e mais de 110 pessoas.

A ação da Versace, que levou sete anos para tramitar, é uma das muitas movidas por empresas de produtos de luxo para proteger suas marcas contra fraudes.

A Fendi venceu em março uma ação por falsificação movida em um tribunal de Manhattan.

(Reportagem de Antonella Ciancio)