Diretor norte-americano Gus Van Sant é premiado em Estocolmo

quinta-feira, 6 de maio de 2010 15:03 BRT
 

ESTOCOLMO, 6 de maio (Reuters Life!) - O diretor de cinema norte-americano Gus Van Sant, conhecido sobretudo por seu filme "Gênio Indomável", sucesso de bilheteria internacional, recebeu na quinta-feira o prêmio Visionário do Festival de Cinema de Estocolmo por sua contribuição para o cinema moderno.

Van Sant, 57 anos, tornou-se um cineasta independente destacado nos anos 1990 com filmes como "Garotos de Programa" e "Um Sonho Sem Limites", aclamados pela crítica por seus retratos comoventes e cômicos de personagens americanos sem rumo.

Nascido no Kentucky, Van Sant ganhou aceitação junto ao grande público em 1997, com "Gênio Indomável", sobre um rapaz problemático de um subúrbio pobre de Boston, Massachusetts, que é gênio de matemática. O filme lhe valeu uma indicação ao Oscar de melhor diretor.

"Seus filmes e sua visão de uma América alternativa são uma celebração da arte do cinema", disse em comunicado o diretor do festival, Git Scheynius.

Em 2008 Van Sant voltou a chamar a atenção do grande público com "Milk - A Voz da Igualdade", filme biográfico sobre a vida do político e ativista gay Harvey Milk, de San Francisco, que recebeu oito indicações ao Oscar, incluindo ao Oscar de melhor filme.

Van Sant, que é conhecido também como produtor, roteirista e fotógrafo, vai viajar a Estocolmo em novembro para receber seu prêmio e reunir-se com o público cinéfilo.

Fundado em 1990, o Festival de Cinema de Estocolmo acontece em novembro de cada ano e exibe mais de 180 filmes de 50 países, segundo o comunicado.