Pintura de Rafael é descoberta em porão de museu

sexta-feira, 7 de maio de 2010 10:18 BRT
 

FLORENÇA, Itália (Reuters Life!) - Especialistas em arte identificaram uma pequena pintura, há muito abandonada no porão de um museu provincial da Itália, como sendo do mestre renascentista Rafael Sanzio (1483-1520), com um valor estimado em pelo menos 30 milhões de euros (40 milhões de dólares).

Trata-se do retrato de uma cabeça de mulher, de 30 x 40 centímetros. Por muito tempo acreditou-se que seria uma cópia do século 19, mas agora se sabe que foi o primeiro esboço feito por Rafael para uma tela maior, "A Sagrada Família" (ou "A Pérola"), que está exposta no museu do Prado, em Madri.

Mario Scalini, supervisor interino de belas artes para os museus das províncias de Modena e Reggio Emilia, no norte da Itália, disse que técnicas modernas foram usadas para observar a tela por debaixo das restaurações realizadas por pintores nos séculos 17 e 19.

"A Sagrada Família" foi uma encomenda do conde de Canossa. Acredita-se que a composição tenha sido idealizada por Rafael, mas que a conclusão tenha ficado a cargo do seu pupilo Giulio Romano.

"Rafael só teve tempo de completar o esboço e a cabeça que agora atribuímos a ele. Então Rafael morreu e a pintura foi concluída por seu pupilo Giulio Romano: o cardeal Ippolito d'Este a comprou e a vendeu logo depois, mantendo apenas a pintura autêntica de Rafael", disse Scalini.

A pintura estava entre 27 mil obras guardadas no porão do museu que pertence à família Este, a qual governou o ducado de Modena durante quatro séculos, até meados do século 19.

O arquivo da galeria, que remonta a 1663, listava uma cabeça de Madonna feita por Rafael, mas esta não foi incluída entre as obras identificadas, nem foi vendida ou emprestada.

"A pintura chamou minha atenção porque tinha uma enorme moldura, entalhada e dourada, de altíssimo valor, certamente não apropriada para uma cópia banal do século 19", disse Scalini. "Obviamente, quem escolheu a moldura conhecia o pintor real e o valor real da pintura."

Scalini convocou especialistas de um laboratório de arte de Pisa, que usaram uma tecnologia "multicamadas" para olhar por baixo das camadas de tinta colocadas por artistas subsequentes.

"A reconstrução histórica e a pesquisa nos permitiram afirmar com razoável certeza que esta é uma obra de Rafael", disse Scalini. "Neste inverno (boreal) um desenho de Rafael foi leiloado por 29 milhões de euros, e é razoável estimar que esta cabeça de Madonna vale algo mais."