Lindsay Lohan é convocada pela Justiça dos EUA e pode ser presa

terça-feira, 18 de maio de 2010 19:26 BRT
 

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - Lindsay Lohan foi convocada a se apresentar em uma audiência na quinta-feira que pode resultar em sua prisão por ter supostamente faltado às aulas de educação sobre álcool impostas em 2007 após ter dirigido alcoolizada.

Autoridades judiciárias disseram nesta terça-feira que a juíza da alta corte de Beverly Hills Marsha Revel ordenou que a atriz comparecesse pessoalmente a uma avaliação de seu progresso.

A convocação ocorre após o site de celebridades TMZ.com ter informado que a atriz, de 23 anos, participou de 10 das 13 aulas de educação sobre o álcool impostas a ela, e meses de festas fotografadas por paparazzi de Los Angeles e Nova York.

O advogado da atriz não retornou às ligações.

Lohan está na França para o festival de cinema de Cannes nesta semana em meio a rumores de que poderia estar no elenco do filme "Garganta Profunda", biografia da estrela pornô Linda Lovelace.

Fontes judiciárias afirmaram que se ficar decidido que a atriz não cumpriu com a ordem de assistir às aulas, Revel poderá decidir por prendê-la, o que poderá forçar outra audiência na qual a sentença seria declarada, disseram eles.

Em outubro, Revel ampliou por um ano a liberdade condicional de Lohan de três anos e a advertiu para assumir com seriedade seu programa sobre álcool, imposto como parte de sua condenação por dirigir embriagada, em 2007.

 
<p>Atriz Lindsay Lohan foi convocada a se apresentar em uma audi&ecirc;ncia nos EUA que pode resultar em sua pris&atilde;o. REUTERS/Mario Anzuoni/Files</p>