Elvis Costello cancela shows em Israel por questões "complexas"

quarta-feira, 19 de maio de 2010 11:37 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O cantor e compositor Elvis Costello cancelou dois shows em Israel no meio deste ano por conta de questões "graves e complexas", relacionadas ao conflito entre israelenses e palestinos, disse ele.

Costello havia sido convidado para se apresentar no anfiteatro Caesarea, ao norte de Tel Aviv, nos dias 30 de junho e 1o de julho.

Mas em seu site na Internet, ele disse: "Depois de uma contemplação considerável, cheguei à decisão de que devo me retirar das duas apresentações."

Ele se une a outros artistas como Gil Scott-Heron e Santana que cancelaram suas turnês em Israel nos últimos meses.

Costello disse esperar que a música fosse mais do que "mero barulho, preenchendo o tempo ocioso".

Mas acrescentou: "há ocasiões em que simplesmente acrescentar seu nome a uma programação de shows pode ser interpretado como um ato político que tem mais impacto do que aquilo que é cantado..."

Costello disse que os próximos shows teriam sido assistidos por muitas pessoas que questionam as políticas israelenses "sobre assentamentos e lamentam condições de intimidação, humilhação ou coisas piores contra os civis palestinos em nome da segurança nacional."

Ele pediu desculpas aos fãs, e a muitos da mídia israelense que o ajudaram a entender melhor o cenário cultural.

(Reportagem de Stefano Ambrogi)

 
<p>Elvis Costello se apresenta no MusiCares Person of the Year de 2010, em homenagem a Neil Young, em Los Angeles, em janeiro. O cantor e compositor cancelou dois shows em Israel no meio deste ano por conta de quest&otilde;es "graves e complexas", relacionadas ao conflito entre israelenses e palestinos. 29/01/2010 REUTERS/Mario Anzuoni</p>