Sem poder sair da França, Lindsay Lohan deve faltar a audiência

quarta-feira, 19 de maio de 2010 18:39 BRT
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - Lindsay Lohan teve seu passaporte roubado na França e é pouco provável que consiga voltar a Los Angeles em tempo para uma audiência crucial na quinta-feira, o que pode levá-la a ser mandada à prisão, disse sua mãe.

Dina Lohan afirmou ao site de celebridades RadarOnline.com, em entrevista na quarta-feira, que a atriz está tentando desesperadamente resolver o problema na França.

Ela desmentiu relatos na mídia de que a questão do passaporte seria uma desculpa para a atriz de "Meninas Malvadas" faltar à audiência no tribunal, depois de relatos de que Lohan teria faltado a algumas aulas de superação de problemas com álcool impostas a ela depois de um processo em 2007 por dirigir embriagada.

A juíza Marsha Revel, da Corte Superior de Beverly Hills, ordenou que Lohan, que viajou a Cannes no fim de semana para assistir ao festival anual de cinema, compareça pessoalmente à audiência da quinta-feira.

Se ela não comparecer, a expectativa é que a juíza emita um mandado de prisão contra ela.

"Estou exausta. Passei as últimas 24 horas com Lindsay e seus advogados, tentando resolver esta situação", teria dito Dina Lohan ao RadarOnline.com.

"É verdade que o passaporte dela foi roubado. Não é uma tramóia planejada. Estamos tratando ativamente com a embaixada francesa neste momento, mas infelizmente ela fecha em determinado horário, então estamos tentando conseguir a ajuda de alguém de escalão superior."

Dina Lohan admitiu que o não comparecimento à audiência deixará a situação de sua filha "um pouco delicada".   Continuação...

 
<p>Atriz Lindsay Lohan teve seu passaporte roubado na Fran&ccedil;a e &eacute; pouco prov&aacute;vel que consiga voltar a Los Angeles em tempo para uma audi&ecirc;ncia crucial que pode lev&aacute;-la &agrave; pris&atilde;o. REUTERS/Mario Anzuoni/Files</p>