Michael Douglas encara a vida como "Solitary Man"

quarta-feira, 26 de maio de 2010 13:35 BRT
 

Por Iain Blair

LOS ANGELES (Reuters) - Em sua longa carreira, Michael Douglas já brilhou em papéis de homens de valores éticos duvidosos, como por exemplo o marido infiel em "Atração Fatal" e o financista Gordon Gekko em "Wall Street - Poder e Cobiça", que lhe valeu um Oscar.

Depois de passar um ano de 2009 difícil, enfrentando a prisão de seu filho por tráfico de drogas, algo que Douglas descreveu como "triste e arrasador", o ator está de volta ao que faz melhor. Ele representa um canalha no filme de baixo orçamento "Solitary Man" (Homem solitário), que estreou nas grandes cidades norte-americanas na semana passada e chegará aos cinemas de todo o país nesta sexta-feira.

Douglas reservou algum tempo para conversar com a Reuters sobre "Solitary Man" e sobre a reprise do papel de Gekko em "Wall Street - O Dinheiro Nunca Dorme", que fez sua estreia no festival de cinema de Cannes este mês e chegará aos cinemas dos EUA em setembro.

Pergunta: Que tipo de filme é "Solitary Man"?

Resposta: É uma tragicomédia, muito imprevisível - você não sabe se vai se emocionar ou se vai apenas rir, e foi isso o que me atraiu. Basicamente, trata da crise da meia-idade do personagem e de como ele a enfrenta. Além disso, temos um grande elenco. Susan Sarandon faz minha ex-esposa, Mary-Louise Parker faz minha namorada, Jenna Fischer é minha filha, e temos uma ótima atriz nova, Imogen Poots, no papel da filha de minha namorada. Acho que vocês ainda vão ouvir falar muito dela.

P: Você faz um vendedor de carros que faz tudo errado em seus negócios e seu casamento. Existe muito em comum entre o personagem e você mesmo?

R: Bem, ele tem mais ou menos minha idade, é de Nova York, onde vivemos, e está pensando em sua própria mortalidade, então sim, há elementos em comum ... (risos) Mas eu estou muito bem casado e não trabalho com carros, embora isso ainda possa acontecer algum dia.

P: Houve alguma surpresa no trabalho com Susan Sarandon?   Continuação...

 
<p>Michael Douglas chega &agrave; cerim&ocirc;nia do pr&ecirc;mio Chaplin em Nova York. Douglas interpreta um canalha no filme de baixo or&ccedil;amento "Solitary Man" (Homem solit&aacute;rio), que estreou nas grandes cidades norte-americanas na semana passada e chegar&aacute; aos cinemas de todo o pa&iacute;s nesta sexta-feira. 24/05/2010 REUTERS/Jessica Rinaldi</p>