Ex-produtor de "Survivor" é indiciado por morte de brasileira

segunda-feira, 31 de maio de 2010 19:57 BRT
 

CANCÚN, México (Reuters) - Um juiz mexicano emitiu na segunda-feira mandado de prisão contra o ex-produtor da série "Survivor" Bruce Beresford-Redman, acusado de ter matado sua mulher, brasileira, num hotel de luxo de Cancún em abril.

O corpo dela foi achado na tubulação de esgoto do hotel Moon Palace, um dia depois de testemunhas verem uma discussão do casal. Segundo a polícia, o crime ocorreu naquela noite.

Francisco Alor, procurador-geral do Estado de Quintana Roo, onde fica Cancún, confirmou a ordem judicial. "A investigação (...) foi concluída e a evidência correspondente foi incluída no prontuário do caso", disse Alor.

Logo após o crime, as autoridades mexicanas apontaram o produtor como suspeito e confiscaram seu passaporte. Mas, desrespeitando as ordens, ele saiu do México de forma obscura e agora está nos EUA.

Alor não quis comentar se as autoridades vão solicitar a extradição dele para o México.

Um advogado de Beresford-Redman disse na semana passada que as autoridades mexicanas estavam interessadas em culpar o seu cliente para não afetar a atividade turística.

(Reportagem de Jose Cortazar)