Letra manuscrita de Lennon é vendida por US$ 1,2 milhão

sexta-feira, 18 de junho de 2010 17:55 BRT
 

NOVA YORK (Reuters Life!) - A letra manuscrita por John Lennon de "A Day in the Life" foi vendida por 1,2 milhão de dólares na sexta-feira num leilão em Nova York, alcançando quase o dobro do preço previsto.

A casa Sotheby's disse que um colecionador particular norte-americano fez a compra dando o lance por telefone, após seis minutos de uma intensa disputa. "O notável preço obtido por esta letra manuscrita é um testamento ao status icônico dos Beatles, de John Lennon e especialmente desta canção", disse David Redden, presidente internacional do Departamento de Livros e Manuscritos da Sotheby's.

Segundo a casa de leilões, o manuscrito mais caro dos Beatles foi a letra de "All You Need Is Love", vendida por 1,25 milhão de dólares em 2005.

A Sotheby's disse que "A Day in the Life", última faixa do álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", foi "a canção revolucionária que marcou a transformação dos Beatles de ícones pop em artistas".

A letra está em uma folha rabiscada e com erros de grafia - "film", por exemplo, virou "flim". Do outro lado está uma versão passada a limpo, em letras maiúsculas e com menos emendas.

Aparentemente, só depois foi acrescentado o verso: "I love to turn you on" ("Adoro te excitar" ou "te deixar ligado"). Quando a música saiu, em 1967, a BBC decidiu não tocá-la, por ter entendido que o verso era uma alusão ao uso de drogas.

A folha manuscrita pertencia antes a Mal Evans, produtor de shows dos Beatles.

(Reportagem de Michelle Nichols e Mike Collett-White)