June 29, 2010 / 12:34 PM / 7 years ago

Cantor mexicano é assassinado após desmentir sua morte

2 Min, DE LEITURA

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O cantor mexicano Sergio Vega foi assassinado durante sua turnê nacional nesse final de semana, horas depois de negar informações de sua morte, disse a mídia local.

O cantor de 40 anos, conhecido como El Shaka, estava dirigindo seu Cadillac vermelho para um show no Estado de Sinaloa, ao norte do México, no sábado, quando seu carro foi interceptado por atiradores não-identificados em um caminhão, segundo as informações.

Seu assassinato ocorreu horas depois de ele ter dito no site de entretenimento La Oreja de que alegações de sua morte divulgadas na Internet eram equivocadas.

"Vem acontecendo comigo há um ano, alguém fala em uma estação de rádio ou jornal que eu fui assassinado, ou que sofri um acidente", disse Vega.

"E então eu preciso ligar para minha querida mãe, que tem problemas cardíacos, e tranquilizá-la."

Fãs expressaram suas condolências no Twitter depois de saberem da morte do cantor, que havia aumentado sua segurança depois do assassinato de diversos músicos mexicanos.

Músicos apresentando narcocorridos, ou músicas comemorando a vida de barões de drogas, se tornaram alvo de gangues rivais de traficantes no México, e a mídia mexicana vem noticiando diversas dessas mortes nos últimos anos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below