Mecha de cabelo de Napoleão é vendida em leilão por US$13 mil

quarta-feira, 30 de junho de 2010 11:51 BRT
 

AUCKLAND (Reuters Life!) - Uma mecha cortada dos cabelos de Napoleão Bonaparte após sua morte foi vendida em leilão na Nova Zelândia por 13 mil dólares.

Linhas telefônicas adicionais foram instaladas para lidar com o acúmulo previsto de compradores internacionais interessados em arrematar os cabelos cortados da cabeça do ex-imperador francês um dia após sua morte, em 1821, quando estava exilado na ilha de Santa Helena.

A mecha de cabelo fazia parte de uma coleção levada à Nova Zelândia em 1864 pelo oficial do comissariado britânico e artista Denzil Ibbetson.

Ibbetson serviu em Santa Helena nos seis anos durante os quais Napoleão ficou preso na ilha, após sua derrota na batalha de Waterloo.

A coleção de 40 itens, incluindo desenhos feitos por Ibbetson de Napoleão em seu leito de morte, aos 51 anos, foi vendida pelos descendentes de Ibbetson.

"A coleção está em ótima condição, e a família merece elogios por ter preservado o material por todo este tempo - quase 200 anos", disse à Reuters Television Hamish Coney, diretor administrativo da casa de leilões Art+Object.

"Em termos de uma coleção histórica localizada na Nova Zelândia, é provavelmente uma das mais importantes já encontrada."

A mecha de cabelo foi comprada por um colecionador anônimo de Londres.

Coney disse que, além de neozelandeses, houve compradores interessados de Hong Kong, Estados Unidos, Lituânia e França.

(Reportagem de Pauline Askin, da Reuters Television)