Lindsay Lohan pega 90 dias de prisão por violar acordo judicial

terça-feira, 6 de julho de 2010 20:16 BRT
 

BEVERLY HILLS, Estados Unidos (Reuters) - A atriz Lindsay Lohan foi sentenciada nesta terça-feira a 90 dias de prisão por ter faltado a uma série de aulas sobre os malefícios do álcool, às quais havia sido obrigada a assistir após ser condenada por dirigir alcoolizada em 2007.

A juíza Marsha Revel determinou que a estrela de "Meninas Malvadas" se apresente no dia 20 à prisão e, depois de cumprir a sentença, participe de um programa residencial sobre abuso de substâncias, com duração de outros 90 dias.

Lohan, de 24 anos, soluçou ao ouvir a sentença. Antes, em tom lacrimoso, ela havia implorado perdão à juíza, dizendo estar levando a sério as aulas sobre o consumo de álcool.

"Não estou levando isso como piada. Esta é a minha vida. É a minha carreira. É algo para o que trabalhei a vida inteira", disse a ré.

O tribunal recebeu provas de que Lohan faltou a sete das aulas semanais, num período de 27 semanas. "Eu não poderia ter sido mais clara, e não foi feito", disse Revel sobre a sentença inicial, que foi descumprida.

Em 2007, após ser presa alcoolizada e com cocaína, Lohan passou 84 minutos na cadeia, para então cumprir outros três anos de liberdade vigiada.

A carreira dela, que chegou ao auge com filmes como "Sexta-Feira Muito Louca" (2003) e "Meninas Malvadas" (2004), rapidamente degringolou desde então.

Lohan ficou famosa aos 11 anos, em "Operação Cupido", e chegou a ser considerada uma das jovens atrizes mais talentosas de Hollywood. Nos últimos anos, com seu estilo baladeiro, passou a ser alvo constante dos sites de fofoca.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>A atriz Lindsay Lohan participa de uma audi&ecirc;ncia sobre sua liberdade condicional, em Beverly Hills, nos Estados Unidos, nesta ter&ccedil;a-feira. Lohan corre o risco de ser mandada &agrave; pris&atilde;o se uma ju&iacute;za considerar que ela n&atilde;o assistiu a todas as aulas de educa&ccedil;&atilde;o antialcoolismo impostas &agrave; atriz ap&oacute;s um caso em que foi presa em 2007 por dirigir embrigada. 06/07/2010 REUTERS/David McNew/Pool</p>