Mel Gibson é investigado por abuso contra ex-namorada

quinta-feira, 8 de julho de 2010 19:28 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Autoridades policiais de Los Angeles disseram na quinta-feira que estão investigando suspeitas de que o ator e diretor Mel Gibson abusou fisicamente de uma ex-namorada, mãe de um dos seus filhos.

Em nota, o escritório do xerife do Condado de Los Angeles disse estar "reunindo informações relativas às acusações," e não iria dar outros detalhes, por se tratar de um inquérito preliminar.

Nenhum representante do premiado ator, protagonista de filmes como "A Paixão de Cristo" e "Coração Valente," foi localizado para se manifestar.

A nota diz que o suposto incidente aconteceu em janeiro na casa de Gibson, em Malibu (Califórnia), e que a vítima foi a cantora russa Oksana Grigorieva,

Gibson, 54 anos, e Grigorieva, 40, disputam há meses na Justiça a custódia de Lucia, filha do casal. Ambos já conseguiram ordens restritivas um contra o outro.

Um dos maiores nomes de Hollywood, Gibson se notabilizou por filmes de ação, como os da série "Mad Max," e recebeu Oscars de direção e produção por "Coração Valente." "A Paixão de Cristo," drama religioso que ele dirigiu fora dos grandes estúdios, foi um retumbante sucesso de bilheteria.

Em 2006, Gibson foi preso por dirigir alcoolizado em Malibu, e ainda fez um comentário antissemita contra o agente que o deteve --teria dito que "os judeus são responsáveis por todas as guerras no mundo."

Depois, o ator pediu desculpas publicamente pelo seu "comportamento desprezível," e buscou aconselhamento profissional. Foi condenado a três anos de liberdade condicional, com a obrigação de participar de um programa de recuperação para dependentes do álcool.

 
<p>Ator Mel Gibson &eacute; investigado por abuso contra ex-namorada com quem tem um filho. 01/07/2010 REUTERS/Charles Platiau/Files</p>