Número acrobático falha e cantora Pink é levada a hospital

sexta-feira, 16 de julho de 2010 16:45 BRT
 

BERLIM (Reuters Life!) - A popstar norte-americana Pink disse que estava bem depois de ser levada às pressas a um hospital, quando o arreio de suporte que deveria erguê-la no ar em um show em Nurembergue, na Alemanha, em vez disso a projetou fora do palco e contra uma barreira.

Conhecida por seus números de acrobacia, a cantora de 30 anos postou uma mensagem no Twitter dizendo que estava "seriamente dolorida" e pedindo desculpas aos fãs por ter interrompido seu show na quinta-feira.

"O arreio não fechou corretamente, me arrastou fora do palco, bati na barreira", escreveu Pink, cujo nome real é Alecia Moore, no Twitter. "Espero que o efeito pelo menos tenha sido bacana!"

Pink disse que teve alta do hospital depois de exames médicos revelarem que ela não sofreu fraturas nem ficou com fluido nos pulmões.

Um hospital de Nurembergue confirmou a passagem de Pink pelo local, mas não deu mais detalhes.

Organizadores disseram que seu concerto ao ar livre em Salem, perto do lago Constança, na noite de sexta-feira, ainda está previsto para acontecer.

"Pink está em Salem, em boas condições de saúde, e está ansiosa para fazer sua apresentação nesta noite", disseram os organizadores em comunicado à imprensa.

A turnê europeia de Pink, Funhouse Summer Carnival, está prevista para terminar neste mês.

(Reportagem de Sarah Marsh)