Polanski vai ao Festival de Montreux ver show da esposa

sábado, 17 de julho de 2010 17:16 BRT
 

Por Stephanie Nebehay e Denis Balibouse

MONTREUX, Suíça (Reuters) - O cineasta Roman Polanski, libertado de prisão domiciliar nesta semana na Suíça, chegou neste sábado à noite em Montreux para assistir ao show da sua mulher no tradicional festival de jazz da cidade.

Polanski, 76 anos, chegou com o fundador do festival, Claude Nobs, para o show da atriz e cantora francesa Emmanuelle Seigner, na noite de encerramento do festival anual, de acordo com uma testemunha da Reuters.

Montreux está a uma hora de carro da vila de Gstaad, onde o cineasta ficou em prisão domiciliar de dezembro até a última segunda-feira, quando as autoridades da Suíça anunciaram que não o extraditariam para os Estados Unidos.

Polanski foi sentenciado nos Estados Unidos por ter tido relações sexuais com uma menina de 13 anos em 1977.

Antes de ir ao show neste sábado, o cineasta agradeceu as pessoas de Gstaad em entrevista. "Não sei o que vou fazer agora. No momento, estou feliz de estar livre", disse ele. "Nunca pedi tratamento especial", acrescentou.

Seigner começou o show com a música tema do filme de Polanski "O Bebê de Rosemary".

Autoridades da Suíça, ao recusarem o pedido de extradição norte-americano, citaram potenciais falhas técnicas, dizendo que não foi esclarecido se o diretor de "Chinatown" serviu ou não a sentença 30 anos atrás.

A vítima no caso disse na terça-feira esperar que o assunto agora seja encerrado. Samantha Geimer, que tinha 13 anos em 1977, pediu repetidas vezes para o caso não ser levado adiante.

 
<p>O cineasta Roman Polanski, libertado de pris&atilde;o domiciliar nesta semana na Su&iacute;&ccedil;a, chegou neste s&aacute;bado &agrave; noite em Montreux para assistir ao show da sua mulher no tradicional festival de jazz da cidade. REUTERS/Denis Balibouse</p>