Promotores pedem prisão do ator Wesley Snipes

quarta-feira, 21 de julho de 2010 20:31 BRT
 

Por Barbara Liston

ORLANDO, Estados Unidos (Reuters) - Procuradores federais pediram nesta quarta-feira a um juiz norte-americano que revogue a liberdade condicional do ator Wesley Snipes e o faça iniciar imediatamente o cumprimento da sua pena de três anos de prisão por sonegação fiscal.

"Não há uma boa razão para adiar sua rendição", argumentaram os procuradores na petição. Ainda não há audiência marcada para avaliar o pedido.

Daniel Meachum, advogado de Snipes, disse à Reuters que irá responder em breve à petição, tanto na corte distrital quanto num tribunal de recursos. Ele não deu detalhes da sua argumentação.

Na sexta-feira, um tribunal federal de recursos confirmou a sentença de 2008 imposta ao ator por um tribunal de Ocala (Flórida) por três violações tributárias.

Snipes, de 47 anos, astro da série "Blade, o Caçador de Vampiros", foi indiciado em 2006 por ter tentado obter ilegalmente uma restituição tributária de 7,3 milhões de dólares, e por não ter declarado imposto de renda de 2000 a 2005.

 
<p>O ator Wesley Snipes conversa com f&atilde;s durante o Festival de Filmes Sundance, em Park City, em Utah, em 2009. Procuradores federais pediram nesta quarta-feira a um juiz norte-americano que revogue a liberdade condicional do ator e o fa&ccedil;a iniciar imediatamente o cumprimento da sua pena de tr&ecirc;s anos de pris&atilde;o por sonega&ccedil;&atilde;o fiscal. 17/01/2009 REUTERS/Lucas Jackson</p>