Caubói pelado de NY processa "Cowgirl" por plágio

quarta-feira, 21 de julho de 2010 20:36 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O músico de rua Robert Burck, conhecido como "O Caubói Pelado", abriu nesta quarta-feira um processo judicial contra sua concorrente Sandy Kane, "A Cowgirl Pelada", acusando-a de violação de marca registrada.

O processo corre num tribunal federal de Manhattan. Burck, de 39 anos, costuma ganhar dinheiro tocando guitarra e posando para fotos no centro de Nova York, vestindo apenas cueca branca, chapéu de caubói e botas.

Ele alega que Kane, que se apresenta com um figurino igualmente exíguo na Times Square, copiou sua aparência e prejudicou seus rendimentos. Ele exige uma indenização não-especificada e acusa a rival de violação de patente, concorrência desleal e outras violações.

O artista diz ter registro sobre o personagem que encarna, e alega no processo que Jane "busca ganhar a vida se apropriando da sua propriedade intelectual para o seu próprio benefício comercial."

Nicholas Barnhorst, advogado de Kane, diz que ela nunca violou lei alguma, e questionou a validade da marca registrada do "Caubói Pelado".

Burck começou a se apresentar nas ruas há 13 anos, e desde então já apareceu em vários programas de TV e comerciais, tendo transformado sua marca em "um império bem sucedido". segundo a ação.

(Reportagem de Basil Katz)