Polícia diz que alertas sobre a Love Parade foram ignorados

segunda-feira, 26 de julho de 2010 19:57 BRT
 

Por Erol Dogrudogan

DUISBURG, Alemanha (Reuters) - Os alertas da polícia sobre o risco de realizar a Love Parade na cidade alemã de Duisburg foram ignorados, disse um dirigente sindical da polícia na segunda-feira, enquanto o número de vítimas fatais pelo tumulto de sábado subiu para 20.

O incidente ocorreu quando a multidão entrou em pânico perto da entrada do festival. Muitos alemães estão perplexos pelo fato de que tal tragédia possa ter ocorrido num país tão organizado e cheio de regras.

"Consequências precisam ser tiradas urgentemente ... Acho que está claro que os planos de segurança não eram bons", disse a uma TV Hannelore Kraft, primeira-ministra do Estado da Renânia do Norte-Vestfália.

A chanceler Angela Merkel cobrou uma investigação "escrupulosamente minuciosa", segundo um porta-voz.

Além de 20 mortos há 511 feridos, sendo 43 em estado grave e 1 em situação crítica, segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades.

"Eu os alertei há um ano que Duisburg não era um local adequado para a Love Parade. É muito pequena e acanhada", disse Rainer Wendt, presidente do sindicato nacional de policiais, ao jornal Bild.

Ele lembrou que em 2009 as autoridades de Bochum, cidade de porte semelhante perto dali, seguiram a orientação da polícia e cancelaram a Love Parade programada para lá.

O prefeito de Duisburg, Adolf Sauerland, que quase foi agredido por populares no local da tragédia no domingo, disse que a prefeitura está colaborando com a promotoria.   Continuação...

 
<p>O incidente ocorreu quando a multid&atilde;o entrou em p&acirc;nico perto do t&uacute;nel de entrada do festival Love Parade, em Duisburg. 25/07/2010 REUTERS/Wolfang Rattay</p>