Casamento de Chelsea Clinton anima cidade do interior de NY

terça-feira, 27 de julho de 2010 14:04 BRT
 

Por Michelle Nichols

RHINEBECK, EUA (Reuters) - A filha de Bill e Hillary Clinton vai se casar no sábado em Rhinebeck, e o vilarejo pitoresco do interior de Nova York está desfrutando da glória de sediar o que muitos estão chamando de o casamento real da América.

Placas e imagens parabenizando Chelsea, a filha única do ex-presidente e da secretária de Estado dos EUA, e seu noivo, Marc Mezvinsky, enfeitam muitas vitrines, e o casamento é o grande assunto da cidade inteira.

Os planos para o casamento estão cercados de sigilo absoluto, mas a presença de agentes do serviço secreto norte-americano em Rhinebeck, 160 quilômetros ao norte da cidade de Nova York, sugerem que a cerimônia vai acontecer na mansão histórica Astor Courts, que ocupa um terreno de 20 hectares à margem do rio Hudson.

A secretária de Estado Hillary Clinton disse que sua filha a fez jurar segredo, e os planos para o casamento vêm resistindo a vazamentos melhor que muitos segredos de Washington. A mídia local especula que a noiva usará um vestido de Oscar de la Renta.

Especula-se que a lista de convidados teria 400 nomes e incluiria vários pesos pesados de Washington e Hollywood. Consta que o presidente Barack Obama teria sido convidado, mas o porta-voz da Casa Branca Robert Gibbs disse que não tem conhecimento de que o presidente e a primeira-dama Michelle Obama pretendam comparecer.

Para os doadores das campanhas Clinton decepcionados por não terem sido convidados, a família deixou claro que foram convidadas apenas pessoas que têm vínculos pessoais com os noivos. "Amamos vocês todos, mas este é o casamento de Chelsea", disse Hillary Clinton em entrevista à NBC News.

Claudia Hanlin, da firma nova-iorquina de planejamento de casamentos The Wedding Library, estimou o custo da festa em cerca de 2 milhões de dólares. "Vai ser um casamento de luxo espantoso", disse ela. "O país está encarando a cerimônia como seu casamento real."

Chelsea Clinton, 30, e Marc Mezvinsky, 32, se conhecem desde a adolescência. Ele é um banqueiro de investimentos cujos pais, Marjorie Margolies-Mezvinsky e Edward Mezvinsky, foram no passado deputados do Partido Democrata.

Chelsea Clinton, que trabalhou para um fundo hedge de Nova York e estuda política de saúde na Universidade Columbia, vem conservando perfil discreto desde que seu pai deixou a Casa Branca, em janeiro de 2001, mas fez campanha por sua mãe quando Hillary foi pré-candidata presidencial democrata, em 2008.

A professora de cultura pop Elayne Rapping, da Universidade Estadual de Nova York em Buffalo, disse: "As celebridades são nossa família real. Os Clinton são celebridades e, de certo modo, constituem uma família real. As pessoas estão muito curiosas".

 
<p>Vestido de casamento em homenagem a Chelsea Clinton &eacute; exposto em loja no centro de Rhinebeck, Nova York, onde a filha de Bill e Hillary Clinton pretende se casar na sexta-feira. REUTERS/Mike Segar</p>