Recuperado, Fidel Castro lançará suas memórias de guerrilheiro

terça-feira, 27 de julho de 2010 18:54 BRT
 

HAVANA (Reuters) - O ex-presidente cubano Fidel Castro anunciou na terça-feira a publicação do primeiro de dois volumes de suas memórias de guerrilheiro, no sinal mais recente de sua recuperação após quatro anos de convalescença.

"A vitória estratégica", o primeiro volume, narra uma batalha na qual seu exército rebelde de 300 homens derrotou em 1958 10 mil soldados do ditador Fulgencio Batista, escreveu Castro no site oficial Cubadebate.cu.

"Eu pensei que este livro levaria meses para ser publicado. Mas agora sei que estará nas ruas no início do mês de agosto", disse ele.

"Eu, que trabalhei meses sobre o tema depois de minha doença grave, agora estou muito animado para continuar a escrever a segunda parte desta história, que, se a equipe não sugerir outro título, será intitulada 'A contra-ofensiva estratégica final'", acrescentou.

Fidel, que completará 84 anos em agosto, emergiu de quatro anos de isolamento provocado por uma doença que o obrigou a transferir o poder a seu irmão Raúl.

Nas últimas semanas ele se reuniu com economistas para lhes expor sua teoria sobre uma guerra nuclear iminente se os Estados Unidos atacarem o Irã, concedeu uma entrevista à televisão estatal e chegou a assistir a um show de golfinhos.

Na segunda-feira Fidel faltou às comemorações do Dia da Rebeldia Nacional, que reuniram cerca de 90 mil pessoas em Santa Clara, 270 quilômetros a leste de Havana.

Mas, trajando a camisa verde oliva com a qual governou Cuba durante quase meio século, falou por mais de uma hora diante de um grupo de intelectuais cubanos e ativistas religiosos dos Estados Unidos em Havana.

(Reportagem de Esteban Israel)

 
<p>O primeiro volume das mem&oacute;rias de guerrilheiro do ex-presidente cubano Fidel Castro ser&aacute; lan&ccedil;ado em agosto. 26/07/2010 REUTERS/Courtesy of Cubadebate/Peti/Handout</p>