Ator Charlie Sheen se declara culpado de violência doméstica

terça-feira, 3 de agosto de 2010 08:27 BRT
 

Por Ellen Miller

ASPEN, Estados Unidos (Reuters) - O ator Charlie Sheen se declarou culpado nesta segunda-feira de atacar sua esposa durante o Natal e foi sentenciado a um programa de reabilitação contra drogas e álcool de 30 dias.

Sob acordo com promotores norte-americanos em Aspen, Sheen também concordou com uma liberdade condicional de três meses, período em que não poderá consumir drogas nem beber grandes quantidades de álcool, apenas medicamentos com receita.

O juiz distrital do condado de Pitkin, James C. Boyd, sentenciou Sheen a um período de 30 dias de prisão, mas a pena será suspensa quando Sheen terminar com sucesso seu período de liberdade condicional e o programa de reabilitação na Califórnia.

Sheen, de 44 anos, ficou tranquilo durante grande parte da audiência. Ao ser questionado sobre como se declarava, ele disse: "culpado das acusações".

A estrela do seriado "Two And a Half Men" deverá passar os 30 dias de sua reabilitação no centro Promises, na Califórnia, que tem uma de suas sedes no balneário de Malibu.

O acordo permite a Sheen continuar com seu trabalho no seriado.

Ele foi preso no dia de Natal logo depois que sua terceira esposa, Brooke Mueller, denunciou à polícia que ele a teria ameaçado de morte com uma faca.

 
<p>Charlie Sheen deixa o tribunal de Pitkin depois de receber sua senten&ccedil;a em Aspen, Colorado. O ator ator se declarou culpado de atacar sua esposa. 02/08/2010 REUTERS/Rick Wilking</p>