3 de Agosto de 2010 / às 15:51 / em 7 anos

Piano usado pelos Beatles no estúdio Abbey Road vai a leilão

<p>O estilista brit&acirc;nico Wayne Hemingway toca o piano na casa de leil&otilde;es Bonhams em Londres. O piano vertical Challen do est&uacute;dio Abbey Road, que foi tocado pelos Beatles, est&aacute; previsto para elevar seu pre&ccedil;o para at&eacute; 150 mil libras. 02/08/2010 REUTERS/Toby Melville</p>

LONDRES (Reuters Life!) - Um piano de armário que será oferecido em leilão este mês pode não parecer grande coisa, mas possui uma história musical impressionante, tendo sido tocado pelos Beatles e o Pink Floyd. O fato está previsto para elevar seu preço para até 150 mil libras (235 mil dólares).

O piano vertical Challen do estúdio Abbey Road, na zona norte de Londres, é um dos destaques do leilão que será promovido em 15 de agosto pela casa Bonham’s de Pioneiros da Cultura Popular 1940-1990.

O instrumento esteve presente em várias canções dos Beatles, entre elas “Tomorrow Never Knows” e “Paperback Writer”, segundo a casa de leilões.

O piano ficava originalmente no Estúdio Três de Abbey Road, até ser aposentado nos anos 1980. Acredita-se que também tenha sido usado pelo Pink Floyd em várias gravações, incluindo os álbuns “Wish You Were Here” e “Dark Side of the Moon”.

Abbey Road tornou-se sinônimo dos Beatles, que gravaram quase todos seus álbuns e singles ali entre 1962 e 1970. O Pink Floyd usou o estúdio em seus álbuns do final dos anos 1960 e início dos anos 1970.

“Esse piano específico foi comprado para o estúdio em 1964 pelo valor de 250 libras”, disse à Reuters Television o consultor da Bonham’s Stephen Maycock.

“Foi usado exclusivamente no Estúdio Três nos anos 1970 e 1980, de modo que os Beatles o usaram nos anos 1960, o Pink Floyd provavelmente quando gravou em Abbey Road, e provavelmente muitos outros artistas também.”

Maycock disse que é impossível saber exatamente que faixas foram gravadas com o piano.

“Mas, no caso desse piano em particular e os Beatles, foram feitas tantas pesquisas que podemos identificar exatamente as faixas específicas nas quais ele foi usado.”

Outros destaques do leilão de 15 de agosto incluem um colar de três voltas de falsas pérolas que foi de Jackie Kennedy Onassis e que ela usou no início dos anos 1960, alguns objetos do espólio do ator britânico Stewart Granger e uma placa original da Carnaby Street, em Westminster.

Reportagem da Reuters Television

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below