Cantor e compositor Bobby Hebb morre nos EUA aos 72 anos

quarta-feira, 4 de agosto de 2010 14:41 BRT
 

NASHVILLE, Estados Unidos (Reuters) - O compositor Bobby Hebb, cuja canção "Sunny" ultrapassou fronteiras raciais e de gênero e fez enorme sucesso, morreu nesta terça-feira aos 72 anos, informaram funcionários de um hospital.

O porta-voz do Nashville Centennial Medical Center não divulgou a causa da morte.

Filho de músicos negros que tocavam nas ruas, Hebb compôs sua canção mais famosa depois que seu irmão foi morto esfaqueado em uma briga de rua em 1963.

A canção também foi gravada por Frank Sinatra, Ella Fitzgerald, James Brown, entre outros, e fez parte da última turnê dos Beatles nos Estados Unidos.

Hebb foi a única presença afro-americana no Grand Ole Opry no começo dos anos 1950, integrando a banda de Roy Acuff em tour pelo Sul. Ele dançava, cantava, tocava guitarra, trompete, percussão e piano, e gravava suas músicas nos estúdios de Nashville.

Mais tarde, Hebb foi co-autor de "A Natural Man", com Sandy Brown, que rendeu um Grammy a Lou Rawls.

Hebb lançou o álbum "Love Games" em 1970 e depois saiu de cena, deixando estar no centro das atenções.