Cantora pop alemã com HIV confessa ter feito sexo sem proteção

segunda-feira, 16 de agosto de 2010 11:00 BRT
 

DARMSDADT, Alemanha (Reuters Life!) - Uma cantora pop alemã acusada de ter exposto três homens ao risco de contrair o HIV, ciente do que estava fazendo, confessou ter feito sexo sem proteção depois de descobrir que tinha o vírus da Aids, disseram autoridades na segunda-feira.

Nadja Benaissa, da girl band alemã No Angels, está sendo julgada por ter causado lesão corporal grave, em um caso, e tentativa de lesão corporal grave em quatro ocasiões em que fez sexo com homens entre 2000 e 2004.

Um de seus parceiros contraiu Aids, enquanto os dois outros não foram contaminados pelo HIV. De acordo com promotores públicos, Benaissa ficou sabendo que tinha o vírus da Aids em 1999.

Um porta-voz do tribunal de Darmsdadt, no oeste da Alemanha, disse que pouco depois de iniciado o julgamento Benaissa confessou ter feito sexo sem proteção.

"Lamento do fundo de meu coração", teria dito ela, segundo o semanário alemão Stern. "A última coisa que eu queria era que meu parceiro fosse contaminado."

Benaissa nasceu em Frankfurt, filha de mãe alemã e pai marroquino. Ela e quatro outras mulheres formaram a No Angels em 2000. A banda tornou-se uma das girl bands de maior sucesso na Alemanha.

Benaissa foi presa inicialmente no ano passado pela acusação de fazer sexo sem proteção, ciente de que tinha o HIV. A divulgação pela Promotoria de sua condição médica provocou críticas de que ela estaria recebendo tratamento injusto.

Se for condenada, ela pode ser sentenciada a até 10 anos de prisão.

(Por Dave Graham)

 
<p>Nadja Benaissa, cantora de pop alem&atilde;, aguarda in&iacute;cio de seu julgamento. Ela confessou ter tido rela&ccedil;&otilde;es sexuais sem prote&ccedil;&atilde;o depois de descobrir que tinha o v&iacute;rus da Aids. 16/08/2010 REUTERS/Boris Roessler/Arquivo</p>