Bono pede ajuda ao presidente russo Medvedev para combater Aids

terça-feira, 24 de agosto de 2010 18:12 BRT
 

Por Denis Dyomkin

SOCHI, Rússia (Reuters Life!) - O presidente russo, Dmitry Medvedev, recebeu Bono, o vocalista da banda U2, para um chá na terça-feira, antes do primeiro concerto do grupo na Rússia, e o músico irlandês pediu a ajuda da Rússia no combate à Aids.

"Cuidar das pessoas não é algo que apenas os políticos fazem," disse a Bono o autodeclarado fã do rock Medvedev, acrescentando que a música do U2 uniu gerações de pessoas.

O encontro deles no terraço ensolarado da casa de veraneio de Medvedev às margens do mar Negro aconteceu um dia antes de o U2 subir ao palco em Moscou para a primeira apresentação na Rússia na história da banda.

Este mês, na Itália, o U2 retomou sua turnês 360 Degree após uma pausa de dois meses para que Bono pudesse se recuperar de um problema nas costas.

Usando os óculos de sol que são sua marca registrada e um brinco apenas, Bono pediu a Medvedev que encontrasse uma empresa russa para unir-se a sua campanha "Red," que levanta fundos para o Fundo Global de Combate à Aids, Tuberculose e Malária.

As marcas Nike, Microsoft, Apple e Starbucks já venderam produtos vermelhos e doaram parte da renda para a organização beneficente.

"Talvez o senhor possa encontrar uma empresa russa, uma empresa russa vermelha - essa é sua cor," disse Bono a Medvedev, numa aparente alusão às bandeiras e estrelas vermelhas usadas pela União Soviética.

Medvedev disse que vai pensar em como a Rússia - que, segundo especialistas, tem pelo menos 1 milhão de soropositivos - pode contribuir para a marca Red.   Continuação...

 
<p>O presidente da R&uacute;ssia, Dmitry Medvedev, conversa com o m&uacute;sico Bono Vox na resid&ecirc;ncia presidencial Bocharov Ruchei, em Sochi, 24 de agosto de 2010. REUTERS/RIA Novosti/Kremlin/Mikhail Klimentyev</p>